Navegar para Cima

Notícias

Estudo sobre massas de ar

Para compreender melhor o fenômeno, construímos com nossos estudantes um mapa-vivo.
27/09/2018
Nosso jeito de educar
Para compreender melhor o fenômeno, construímos com nossos estudantes um mapa-vivo.

​​​Com base nos estudos sobre massas de ar no Brasil e na América do Sul, nossos estudantes do 1° ano EM foram instigados a construir um mapa vivo do nosso continente. O objetivo da atividade foi realizar pesquisas através de estudos sobre mudanças climáticas e a dinâmica atmosférica em que vivemos.

O exercício, inicialmente, determinava que cada estudante representasse um Estado brasileiro e a partir disso, começassem a estudar as massas de ar, junto com a rosa dos ventos, para localizar os estados limítrofes e descobrir as formas atmosféricas da região.  Após esta etapa, os estudantes foram convidados a ir para as quadras esportivas do Colégio e se posicionarem conforme os pontos cardeais estudados. Assim, no final da tarefa, o mapa-vivo foi construído, apontando as massas de ar atuantes na região.

​​
Para o professor de Geografia Fabio Poletto, a atividade consiste em estimular o raciocínio dos estudantes e permite a eles uma participação mais ativa nas aulas: “a manutenção da atenção nesses tipos de atividades tende a ser prolongada porque as etapas subsequentes demandam atitudes mais participativas e ativas. Nesta atividade, não há espaço para copiar respostas ou reproduzir textos já prontos. Além disso, pelo corpo se representa a distribuição territorial dos Estados e as formas de relevo extensas, obrigando a ação mental a se tornar concreta. Isso facilita a observação do nível de abstração dos estudantes por parte do professor e o modo como eles operam o espaço, ou seja, como se concebe o espaço (tamanho, área, altitude) ", afirma o professor.

Esta atividade foi uma retomada de conhecimentos que, anteriormente, havia sido trabalhada no Ensino Fundamental. A finalidade foi unir os conhecimentos já adquiridos com as novas informações, propondo uma base escolar a fim de produzir algo novo aos nossos estudantes.

A opção dos educadores por estratégias didáticas que podem melhorar a potencialização nos processos individuais e coletivos é o principal argumento da assessora da área de missão da UMBRASIL Michelle Jordão, sobre a importância das Matri​zes Currículares do Brasil Marista. 

​“As Matrizes curriculares têm o propósito de estimular aprendizagens ao longo da vida, aprendizagens que deem sentido, significado e possibilitem melhores condições de vida, pessoal e social, atendendo desafios e as esperanças da contemporaneidade. Essa dinâmica se efetiva na mobilização e construção de processos de pensamento de níveis mais básicos, tais como reconhecer, interpretar, até níveis mais complexos que abrangem aplicação, análise, síntese e avaliação."​​