Navegar para Cima

Notícias

Literatura e cinema: metodologia na prática

Cinema Literário deste ano permeia obras do clássico ao contemporâneo.
19/10/2018
Nosso jeito de educar
Cinema Literário deste ano permeia obras do clássico ao contemporâneo.

​​​​​​​​​​​​​A cada página virada de um livro, viajamos por um mundo de realidades paralelas repletas de descobertas, encantamento e aprendizagem. Nasce, assim, a cumplicidade entre o leitor e a obra, possibilitando ampliar defesas argumentativas, desenvolver competências, ampliar o vocabulário e aprimorar a escrita.​

Outro fator primordial, está nos ambientes pensados para a literatura, contribuindo com espaços de mediação, interação e suporte cultural. Mudam-se os tempos, dessa forma, o habito da leitura e suas novas práticas também evoluem. Juntamente com as tecnologias, o que antes era apenas a descodificação de letras, por horas a fio, hoje vem se transformando. Assim, nada mais natural que o cinema aplicar seu potencial narrativo e aprimorar-se de histórias contadas para desenvolver capacidades interpretativas, críticas e imagináveis.

No Marista Conceição, essa metodologia é aplicada pedagogicamente, onde estudantes do 1º e 2º ano do EM participam anualmente do tradicional Cinema Literário. O projeto é realizado na disciplina de Literatura, buscando por meio de uma visão multidisciplinar, inserir a arte do cinema no processo de ensino-aprendizagem, aproximando e incentivando o público estudantil a ler e apreciar clássicos da literatura brasileira.

Para a 13ª edição do Cinema Literário, os estudantes foram embasados pelas obras que permeiam o universo literário do clássico ao contemporâneo, desafiando-os a adaptarem obras literárias em curtas-metragens. Os curtas-metragens serão apresentados na quarta-feira, 24/10, a partir das 19h no Bless Centro de Eventos. ​​

PREMIAÇÃO

As melhores adaptações serão premiadas, com direito a uma verdadeira noite hollywoodiana, com tapete vermelho e estatueta nas categorias: Melhor Filme, Melhor Fotografia, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Edição, Melhor Figurino, Melhor Roteiro e Melhor Cartaz. A novidade para este ano é a premiação na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

A análise técnica dos curtas-metragens nas categorias citadas acima, será realizada por jurados externos, especialistas em áreas condizentes ao projeto, como especialistas em cinema, audiovisual, fotografia e teatro. ​​

TRAJE E CONVITES

Já é uma tradição do evento reproduzir o tapete vermelho da noite hollywoodiana de entrega do Oscar. Por isso, o traje é alto esporte, elas usam vestido, eles usam camisa de gola, blazer opcional, calça social e sapato. Os convites de entrada são em forma de tickets, distribuídos pelo elenco e equipe de produção dos curtas-metragens. ​

ADAPTAÇÕES EXIBIDAS

Língua Portuguesa
Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis - 211
A hora da estrela – Clarice Lispector – 211
Vidas secas – Graciliano Ramos - 211
O cortiço – Aluísio de Azevedo - 212
A confissão da Leoa – Mia Couto - 221
Dois irmãos – Milton Hatoum – 221​
O coronel e o Lobisomem - José Cândido de Carvalho -222
Mãos de Cavalo – Daniel Galera – 222​​

Língua Inglesa
O grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald. – 212
A megera Domada – William Shakespeare - 212
Madame Bovary – Gustave Flaubert - 221
Orgulho e Preconceito - Jane Austen – 222

Língua Espanhola
O ônibus – Júlio Cortázar – 211
Casa Tomada – Júlio Cortázar – 212 
Crônica de uma morte anunciada – Gabriel Garcia Márquez - 221
Cem anos de solidão – Gabriel Garcia Márquez -222​