Navegar para Cima

Notícias

#FalaAíEducador apresenta a professora de Educação Infantil Priscilla

26/10/2017
Colégio
Publicado nas sextas-feiras, o espaço #FalaAíEducador é dedicado para apresentar a equipe de educadores do Marista Graças.

Publicado nas sextas-feiras, o espaço #FalaAíEducador é dedicado para apresentar a equipe de educadores do Marista Graças. Para além de um currículo, os educadores são convidados a compartilhar sua trajetória, seus sonhos e um recado especial para os estudantes.

Nesta semana é a vez da Priscilla de Oliveira, confira! Nome:
Priscilla de Oliveira

Cargo:
Professora da Educação Infantil - Nível 2

Quanto tempo no Marista Graças:
Alguns aninhos (Risos). Foram 3 anos e meio como aluna e mais 6 anos como Educadora.

Como começou na Educação?
Iniciei no Curso Normal no Marista Graças no ano de 2000. Logo que ingressei na faculdade de Pedagogia, comecei a trabalhar em escolas de Educação Infantil. Em 2004 também comecei a trabalhar no Lar da Criança Anne Frank no qual tive a oportunidade de desenvolver um trabalho com crianças carentes.

Qual a sua Formação?
Curso de Magistério no Colégio Marista Graças, Pedagogia na Ulbra e Pós em Neuropsicopedagogia e educação especial inclusiva.

Quem te inspirou para ser professor?
Acredito que minha mãe me inspirou para ser educadora e esteve sempre ao meu lado nesta caminhada. Sem dúvidas eu tive professores que com seu exemplo e ensinamentos ficaram em minha memória, como o Ir. Albino Trevisan e a Profª Rosana, a qual está até hoje no Marista Graças. Hoje, tenho o privilégio de retornar à Instituição na qual estudei sendo sua colega.

Um dia inesquecível em sala de aula foi quando?
Na minha profissão é difícil dizer um dia especificamente. Cada ano, cada turma que passou por mim deixará suas marcas, vínculos, aprendizagens e saudades.
Mas a cada dia que chego em sala de aula e sou recebida com beijos, carinhos e olhares sinto-me cada vez mais encantada pelas crianças.

Partilhe uma dica cultural sobre sua área:
Livro: Por um currículo aberto ao possível - Protagonismo das crianças e educação, de Aldo Fortunati
Filme: Vermelho como o céu.

Quando você era criança, qual seu sonho?
Eu dizia que queria ser veterinária, mas hoje não me imagino em outra área.

O que gosta de fazer no tempo livre?
Adoro sair e estar entre amigos, estar com minha família e um bom chimarrão!
Gosto muito de ouvir e dançar músicas gaúchas.

Deixe um recado para os estudantes do Marista Graças:
Que a luz da infância faça morada em seu coração eternamente!