Navegar para Cima

Notícias

Projeto desenvolve a empatia por meio da escuta

O projeto EscutAção está sendo realizado como uma das atividades do Dia Mundial de Combate ao Bullying
26/10/2018
Nosso jeito de educar
O projeto EscutAção está sendo realizado como uma das atividades do Dia Mundial de Combate ao Bullying

​​Uma sala silenciosa, à meia luz e repleta de histórias reais. Assim foi montado o cenário do projeto EscutAção no Marista Rosário. A atividade, inspirada na proposta do Museu da Empatia, tem como objetivo promover a reflexão sobre nossas relações sociais.

Os estudantes do Ensino Médio são convidados a exercitar a empatia por meio da escuta atenta. São seis áudios com histórias reais de adolescentes que já passaram por situações de bullying, ouvidos pelos estudantes que visitam o espaço. Depois da escuta, é o momento da ação. As reflexões são conduzidas pela Pastoral Escolar e pelo professor de Ensino Religioso, motivando os jovens a pensarem que tipo de atitude diferente eles podem adotar na sua vida a partir daqueles relatos.

Para a estudante Elisa Corrêa, do 1º ano EM, a atividade cumpre a sua proposta de desacomodar e fazer refletir: “é muito interessante ouvir essas histórias e se colocar no lugar deles. Essa iniciativa é diferente e nos faz pensar muito sobre a vida". Assim como ela, o colega Felipe Barreto também complementa que é uma oportunidade de repensar atitudes: “a gente pensa muito em situações de colegas que já sofreram bullying, seja aqui ou em outras escolas, e é importante para que repensemos como podemos mudar", afirma.

_2018_10_25_Escutação (4)_cred Juliana Vencato.JPG
Os estudantes escutam os relatos de histórias reais

O projeto EscutAção, ​desenvolvido pela Orientação Educacional, Pastoral e Educadores, é uma das inciativas da escola para marcar o Dia Mundial de Combate ao Bullying, celebrado no último dia 20. Além dessa, outras ações são realizadas no Marista Rosário durante todo o ano e que fazem parte do escopo de atividades do projeto Convivendo, que tem, entre seus objetivos, promover uma cultura de paz no ambiente escolar.