Navegar para Cima

Notícias

Marista Roque é homenageado na Câmara de Vereadores

Sessão Solene foi proposta para comemorar os 90 anos da instituição em Cachoeira do Sul
26/06/2019
RECONHECIMENTO
Sessão Solene foi proposta para comemorar os 90 anos da instituição em Cachoeira do Sul

​​​​​​​A noite desta terça-feira, 25/6, foi especial para estudantes, educadores e famílias que fazem parte da história do Colégio Marista Roque. Em Sessão Solene realizada na Câmara de Vereadores, a instituição teve sua trajetória recordada em homenagem aos 90 anos de atuação em Cachoeira do Sul, celebrados em 21 de janeiro de 1929.

“São 90 anos de uma história marcada pela tradição educativa marista, concebendo a educação como obra alicerçada no amor, na formação integral, inovação e harmonia entre a fé, ciência, cultura e vida. A todos que deixaram a marca dos seus ensinamentos aos milhares de alunos que passaram pelo Colégio, os nossos sinceros agradecimentos. Olhamos com orgulho aos homens e mulheres de bem, de caráter, com princípios de dignidade que tiveram a oportunidade de estudar nesse Colégio, e que agora, engrandecem os quadros profissionais nas mais diversas áreas em todo o Brasil", destacou o propositor da solenidade, vereador Nelson Azevedo.

Valores humanos

Conforme a vereadora Telda Assis, que também é professora, homenagear uma instituição educacional é sempre motivo de grande satisfação. “A educação é arma poderosa para o desenvolvimento de um país. No Brasil, os primeiros irmãos maristas chegaram em 1897, dispostos a dar continuidade ao projeto de formar cidadãos por meio da educação integral, da pedagogia, da presença, do espírito de família, e do amor ao trabalho, criando um espaço de descobertas e construção de novos conhecimentos. Uma instituição escolar que tem como princípio esses valores, certamente deixa sua marca de amor, fé e conhecimento, formando cidadãos comprometidos com a construção de um mundo mais humano", afirmou.

Orgulho em fazer parte

O vereador Marcelo Figueiró, que durante parte da sua infância e adolescência frequentou o Colégio, reforçou a importância da instituição na formação do caráter e personalidade sua e de seus irmãos. “Além disso, minha mãe sempre se orgulha ao dizer que um dos seus primeiros trabalhos como pedagoga foi na rede marista, justamente no Roque", lembrou.

O parlamentar salientou, ainda, o diferencial do Colégio em sua metodologia de ensino. “Embora severa, ela é libertária, trazendo ensinamentos cristãos e sociais. No entanto, se existe algo que realmente precisamos nos orgulhar, é do trabalho que toda a comunidade escolar realiza de uma forma extremamente discreta. Devemos nos orgulhar nestes 90 anos das ações sociais desenvolvidas pelo Roque. Seguidamente, eu, como vereador, encontro alguma instituição que foi auxiliada pela escola. Muitas vezes encontramos pessoas que eram carentes e que relatam que conseguiram estudar graças a um convite inesperado de um irmão marista, no passado".

Reconhecimento aos responsáveis pela trajetória

Em seu pronunciamento, o diretor do Colégio, David Hatsek, agradeceu a todos que fizeram e fazem parte desta missão, responsáveis pela representatividade que o Marista Roque tem junto à população cachoeirense. “Saber agradecer pelo passado, tirar lições de vida, estar atento aos desafios do presente, para abrir caminhos com sabedoria e coragem. É com este entendimento que estamos aqui, para comemorar com cada um dos que fazem parte da experiência tão bonita, que é o Marista Roque. Muitos plantaram e outros regaram, fazendo crescer a grande instituição de ensino que representamos para nossa comunidade. A todas essas pessoas, nosso reconhecimento e admiração pelo trabalho", disse.

O diretor ainda aproveitou a ocasião para evidenciar um dos pilares mais importantes do Colégio: oferecer ao estudante a oportunidade de ser construtor e protagonista do seu saber, desde a Educação Infantil, até o Ensino Médio. “No Marista Roque, o estudante é incentivado a ser crítico, autônomo, solidário e ético, capaz de identificar problemas e trabalhar em equipe. Além de ser um espaço de excelência acadêmica, o Colégio também possibilita ao estudante a construção do seu projeto de vida. Hoje, não contamos mais com a presença dos irmãos maristas em Cachoeira do Sul, mas temos uma responsabilidade muito grande por perpetuar o seu carisma", concluiu. ​