Navegar para Cima

Notícias

Alimentação saudável para aprender melhor

Para despertar o apetite dos estudantes sobre hábitos saudáveis à mesa, nos Anos Iniciais do Marista Maria Imaculada desenvolvemos diversas atividades que contemplam uma alimentação saudável.
12/12/2018
Saúde
Para despertar o apetite dos estudantes sobre hábitos saudáveis à mesa, nos Anos Iniciais do Marista Maria Imaculada desenvolvemos diversas atividades que contemplam uma alimentação saudável.

​Sabe-se que uma criança ou um adolescente bem alimentado tem mais disposição para viver e aprender. Além de contribuir na capacidade física, a alimentação balanceada favorece a atenção, a memória e a concentração, entre outras habilidades. Por isso, o ideal é apostar em pratos coloridos e nutritivos, tendo referências precisas e confiáveis. Uma delas é o Guia Alimentar para a População Brasileira, documento oficial publicado pelo Ministério da Saúde (confira algumas dicas no quadro ao lado).

Nele, as famílias encontram recomendações que vão desde a escolha dos alimentos e as formas de combiná-los adequadamente, até detalhes que envolvem o ato de comer, como o tempo dedicado ao preparo e ao consumo das refeições, a importância de se ter companhia nessas ocasiões e demais fatores que visam uma vida mais saudável. A escola também representa um significativo espaço de conscientização acerca dos cuidados alimentares e, portanto, deve atuar em parceria com os pais.


Bem-vindos ao prato!Evitar!

Alimentos in natura – ingredientes​​ de origem animal e vegetal sem a adição de químicos ou de substâncias que alterem o sabor e a composição.

 

  • Frutas
  • Legumes
  • Verduras
  • Raízes
  • Tubérculos
  • Ovos

 

Alimentos minimamente processados – ingredientes in natura que, antes de sua aquisição, foram submetidos a alterações mínimas

  • Arroz
  • Feijão
  • Leite
  • Carne
  • Café
  • Farinhas

Alimentos ultraprocessados – nutricionalmente desbalanceados, têm substâncias sintéticas que proporcionam cor e textura mais atraentes, bem como um hipersabor que pode ser viciante.

 

  • Salgadinhos de pacote
  • Biscoitos recheados
  • Refrigerantes
  • Macarrão instantâne​o

Fonte: Guia Alimentar para a População Brasileira​


Hábitos dentro e fora de sala de aula


Para despertar o apetite dos estudantes sobre hábitos saudáveis à mesa, nos Anos Iniciais do Marista Maria Imaculada desenvolvemos diversas atividades que contemplam uma alimentação saudável. A iniciativa do 1º ano do Ensino Fundamental se chama Campanha do Lanche Saudável, que consiste em incentivar os estudantes a ter o hábito de trazer lanches mais saudáveis para o Colégio, como frutas, verduras e vegetais. Além disso, os estudantes do 3º ano desenvolvem um projeto da horta do Colégio, onde plantam hortaliças, acompanham o seu crescimento e após, são convidados para a colheita e partilha com seus familiares.

Nos Anos Finais, são promovidas outras iniciativas, como a articulação dos conteúdos nucleares que relacionam as práticas corporais e os contextos da qualidade de vida e saúde com a importância da alimentação saudável. Através de fóruns de discussão que contemplem o reconhecimento e a necessidade de hábitos saudáveis e que possibilitem uma postura crítica diante dos padrões estéticos e distúrbios alimentares na adolescência. 

Conforme a monitora de aprendizagem do Turno Integral, que desenvolveu o projeto Desembale menos, descasque mais, Juliana Lodéa, “precisamos nutrir nosso corpo com alimentos de verdade, não apenas abastecer com alimentos sem valor nutricional para suprir nossas vontades. Comer com consciência é ter respeito pelo nosso corpo e nossa Saúde. Alimentação saudável é a base da saúde!", reforça.