Navegar para Cima

Notícias

Aprendendo a medir distâncias, crianças estudam sobre os piratas

Estudantes do Nível 3 estudam de forma lúdica os instrumentos de medidas.
03/06/2019
Projetos
Estudantes do Nível 3 estudam de forma lúdica os instrumentos de medidas.

​​Durante uma brincadeira, por meio do exercício de metacognição - a experiência de pensarem o que viveram -, a professora Ana Paula, do Nível 3D, observou como uma criança tentava explicar à outra do que estavam brincando, usando um rolo de papel para ver à distância, um instrumento que lembrava uma luneta.

20190227_173352.jpg
Apresentação das pesquisas 

A partir disso, os estudantes da turma escolheram o tema Piratas para desenvolverem o projeto sobre instrumentos que medem a distância. Os questionamentos feitos em sala de aula com a pergunta “como podemos medir as distâncias?" motivou as crianças a pesquisarem quais instrumentos os piratas usavam, como a luneta e a bússola, e os objetos que os representam, como os barcos, os tesouros, os mapas e as suas vestimentas.

20190319_145529.jpg
Estudantes aprendendo a montarem uma régua 

A participação dos estudantes e a parceria das famílias foram importantes para que as crianças fossem se desenvolvendo ao longo do projeto. Luis Cláudio Franco, pai do estudante Arthur Franco, levou para os estudantes conhecerem e montarem uma bússola de verdade. Essa experiência foi muito significativa. “ As crianças elencaram outras perguntas no caminhar e, com isso, construímos um mapa conceitual do projeto, que balizou todas as nossas experiências e investigações", comentou Ana Paula.

IMG-20190308-WA0083.jpg
Montagem da bússola ​

As experiências realizadas permitiram que os estudantes vivenciassem sons, cores, formas, espaçotempos, transformações, a escuta, a fala, o pensamento e a imaginação, de forma que se sentissem como verdadeiros tripulantes numa embarcação comandada por piratas. Eles produziram, ao longo do projeto, barquinhos de papel com a experiência na água e um barco gigante, com caixote de madeira forrado com tecido pintado por eles, onde brincaram de navegação. Ainda teve a participação da família com a pesquisa de variados objetos usados para medição, o uso da bússola no Ipad, a construção de mapas e as brincadeiras de caça ao tesouro.

20190424_174041.jpg
Brincando de navegação no barco produzido pelas crianças

A estudante Letícia Gissoni participou de todas as atividades e relatou como foi o seu aprendizado. “O que eu mais gostei de fazer foi brincar com a luneta de papelão que a Letícia Teles trouxe, me diverti muito olhando com ela ", comentou, animada.