Navegar para Cima

Notícias

Educação Financeira para pais e filhos nos Anos Iniciais

O Colégio recebeu o fundador da empresa Oficina de Finanças.
13/06/2019
Formação
O Colégio recebeu o fundador da empresa Oficina de Finanças.

​​O ensino da Educação Financeira é um dos temas transversais incluídos na nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Fundamental. Implementada no Colégio há cinco anos, a prática pedagógica permite às crianças trabalharem conceitos, com o objetivo de construir comportamentos financeiros sustentáveis e conscientes diante do cenário econômico da população brasileira.

Para ampliar tais conhecimentos e dando continuidade às atividades de formação voltada para os pais dos estudantes, o Colégio trouxe, no dia 11/6, a palestra Educação Financeira é vida! com Leonardo Silva, fundador da Oficina das Finanças, programa que norteia as atividades nos Anos Iniciais.

Palestra Ed. Financeira (20).JPG
Dicas para melhor gestão dos recursos financeiros

Na oportunidade, Leonardo falou aos pais presentes sobre sua trajetória e deu dicas sobre a melhor gestão do dinheiro, incentivando-os a utilizá-lo com sustentabilidade, ética, empreendedorismo, cooperação e responsabilidade social e ambiental. Apresentando os métodos dos 6 G´s (Gerar, gastar, guardar, ganhar, gerir e gratidão), Leonardo comparou o fluxo do dinheiro ao fluxo de uma caixa d'água, tornando o exemplo mais concreto.

Para Henrique Brito, pai da estudante Sara Brito, do 5º ano EF, participar desse momento foi muito importante, uma vez que ele não teve contato com o assunto na época do colégio. “Em casa trabalhamos com Educação Financeira, mas não com profundidade. Temos formas de poupar e de gastar com inteligência em alguns pontos, já em outros, não. Mas, agora, vamos começar a aplicar muitas das dicas que o palestrante deu." planeja.

OK.JPG
Familiares de estudantes marcaram presença

Nas aulas dos Anos Iniciais, a metodologia é aplicada a partir de vivências, experiências que proporcionem reflexão e análise de práticas do dia a dia. Além do material didático, os professores utilizam folhetos de supermercados; encartes de propaganda; vídeos;​ notícias; propagandas virtuais e a prática de compra do lanche na cantina do colégio. Na prática, os estudantes refletem sobre a diferença entre necessidade e desejo, sobre comprar somente após analisar a real necessidade e de observar o que já se tem casa.  A Sara, filha do Henrique, tem gostado dessas aulas. “Eu acho muito legal, pois a gente aprende novas coisas sobre gastar dinheiro, e sobre desejos e necessidades." finaliza a estudante.​