Navegar para Cima

Notícias

Alimentação saudável para aprender melhor

Conheça práticas que promovem o incentivo à alimentação saudável.
13/01/2019
Nosso jeito de educar
Conheça práticas que promovem o incentivo à alimentação saudável.

​​​Sabemos que uma criança ou um adolescente bem alimentado tem mais disposição para viver e aprender. Além de melhorar a capacidade física, a alimentação balanceada favorece a atenção, a memória, a concentração, entre outras habilidades. O Colégio representa um espaço significativo de conscientização acerca dos cuidados alimentares e, neste sentido, atua em parceria com as famílias.​

Para despertar o apetite dos estudantes por hábitos saudáveis à mesa, a professora Karla Paiva, do 4º ano do Ensino Fundamental, trabalhou a relação entre a qualidade de vida e uma boa alimentação. Por meio de pesquisas, vídeos, confecção de pirâmide alimentar e jogos, a turma chegou à conclusão de que uma má alimentação pode levar a doenças graves e que bons hábitos trazem saúde e longevidade.​

EF - alimentacao saudavel - 01.JPG
Estudantes construíram uma pirâmide alimentar que foi apresentada na Multifeira. 


Ao observarem que um colega não podia comer biscoito por ter alergia a glúten, estudantes do 1º ano EF quiseram entender como essa restrição funciona. A partir dessa curiosidade, a professora Ana Paula Vieira trabalhou, por meio de pesquisas, entrevistas e receitas, as vantagens e desvantagens de ingerir alimentos com glúten. “O mais legal foi que, por meio da alimentação, eles pensaram em incluir o colega e, assim, descobriram um alimento que é liberado para todos: a fruta", destaca Ana Paula. A professora ressalta também a importância de compreender que hábitos saudáveis não são sinônimo de extinguir alimentos do dia a dia: “É preciso saber dosar e deixar de cometer excessos", recomenda.​

EF - alimentacao saudavel - 02.JPGProjeto sobre alimentação sem glúten iniciou pelo interesse das próprias crianças.

 Nos Anos Finais, também são promovidas iniciativas que envolvem educação alimentar. Uma delas foi realizada com as turmas de 7º ano EF, como parte do componente de Matemática, em que o professor Roger Rodrigues propôs que os estudantes investigassem a alimentação da comunidade escolar. As turmas fizeram uma coleta de dados com estudantes, familiares, professores e funcionários do Colégio sobre suas rotinas alimentares, abordando tanto hábitos alimentares quanto a prática de exercícios físicos. Além disso, criaram planos alimentares com base em cálculos de calorias, equilibrando o que consomem e quanto gastam. “A atividade mostrou a eles que a Matemática está no dia a dia, além de conscientizá-los em relação a bons hábitos", afirma Roger. O professor conta que já é possível perceber os resultados, pois os estudantes estão adotando as rotinas que eles mesmos elaboraram como um novo estilo de vida.

A alimentação saudável também foi assunto nas atividades do Turno Integral: os estudantes participaram de um bate-papo com a nutricionista Priscila Vargas, responsável pelos cardápios da Espaço Saúde – cantina e restaurante localizados nas dependências do Colégio. O encontro abordou a importância da ingestão de frutas e verduras, bem como a estrutura da pirâmide alimentar. A atividade faz parte de um projeto que apresenta aos estudantes as mudanças pelas quais a cantina está passando para oferecer alimentos mais saudáveis e como essas novidades beneficiam a construção desse estilo de vida.

EF – alimentação saudavel - 04.JPGTurno Integral participa de bate-papo com nutricion​ista.