Navegar para Cima

Notícias

Anos Finais 2019: diferenciais da nossa proposta pedagógica

Estudantes dos Anos Finais são incentivados a serem protagonistas do seu aprendizado.
04/02/2019
Nosso jeito de educar
Estudantes dos Anos Finais são incentivados a serem protagonistas do seu aprendizado.

​Os desafios se acentuam nesse período da vida escolar, que vai do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, pois trata-se de um período intermediário entre os Anos Iniciais e o Ensino Médio. Por isso, buscamos implementar aprendizagens e metodologias que despertem o interesse do estudante aliadas a práticas que incentivem seu protagonismo.

Nossa ação pedagógica é fundamentada nas Matrizes Curriculares e nas Sequências Didáticas, com as quais os conteúdos são trabalhados de forma dinâmica, integrada e interdisciplinar. Isso possibilita aos estudantes relacionar saberes, aplicando o conhecimento no seu cotidiano e, futuramente, na vida profissional.

Tendo como horizonte a formação cada vez mais global dos adolescentes e jovens, em 2019, contaremos com novidades, bem como estratégias já consolidadas no cotidiano escolar. São projetos e iniciativas que têm como foco a inovação e a vivência de aprendizagens que potencializam o desenvolvimento de habilidades e competências.

Confira o que vem por aí em 2019:

Desenvolvimento de Competências

Os conhecimentos são tratados como meios para se desenvolver habilidades. Acreditamos que não basta decorar conceitos, é preciso conhecer para superar desafios e problemas. As aulas são mais dinâmicas, interativas e relacionadas com a realidade do mundo.​​

Texto auxiliar da imagem

Com o uso de um aplicativo, o aprendizado sobre espécies de plantas tornou-se mais dinâmico e interativo.

Em uma proposta de Sequências Didáticas, os estudantes do 7º ano EF coletaram folhas no Bosque do Colégio e no entorno de suas casas para, no Laboratório de Ciências da Natureza, identificarem as espécies das plantas por meio de um aplicativo.

Hábitos de Estudo

Com o projeto Hábitos de Estudo, o estudante não só aprende conceitos, como também é incentivado a se apropriar deles e relacionar com outros saberes. Técnicas de estudo, de organização do tempo e da rotina de aprendizagem e acompanhamento personalizado por professores e setores proporcionam êxito no aprender.

Pesquisa e escrita

O aperfeiçoamento da escrita e da argumentação são constantemente acompanhados, seja através do caderno de produção textual, ou das etapas da Iniciação Científica. Pesquisando sobre diversos temas contemporâneos, a escrita é enriquecida; e com o acompanhamento personalizado do professor, a redação é aprimorada.​

Texto auxiliar da imagem

A Multifeira estimula o gosto pela pesquisa, unindo os conteúdos de sala de aula a trabalhos práticos.

Um grande projeto de Iniciação Científica que envolve estudantes da Educação Infantil ao Ensino Médio é a Multifeira, evento realizado anualmente, que visa incentivar a produção científica, relacionar os conteúdos e o desenvolvimento de trabalhos práticos e estimular o gosto pela ciência e o uso de novas tecnologias. Durante a Multifeira, os estudantes têm a oportunidade de apresentar, ao público em geral, trabalhos, projetos de pesquisa e experimentos.

Protagonismo criativo

Aliada à tecnologia, essa proposta é baseada no conceito Maker, que tem como propósito incentivar o protagonismo dos estudantes por meio de um trabalho colaborativo de criação e investigação. ​