Navegar para Cima

Notícias

Em tempos de pandemia, projeto Ciranda da Leitura se torna online

30/07/2020
Inovação
Parceria entre Grêmio Estudantil (GER) e Associação de Pais e Mestres (Apamecor) possibilita o acesso de estudantes à plataforma digital de leitura

Anualmente, estudantes dos Anos Iniciais do Marista Rosário participam do projeto Ciranda da Leitura, integrante do Programa Formação do Leitor do Colégio, no qual é solicitada a aquisição de livros para incentivar o gosto das crianças pela leitura. Mas, durante o período de isolamento social em função da pandemia do Coronavírus, a proposta teve que ser adaptada e se tornou online. 

Buscando não onerar as famílias e evitar o deslocamento para a compra dos títulos em livrarias, o Grêmio Estudantil Rosariense (GER) e a Associação de Pais e Mestres do Colégio (Apamecor) garantiram o acesso de mais de 700 estudantes do 1º ao 3º ano EF à plataforma virtual Elefante Letrado. No site, cada estudante receberá um login de acesso, podendo ampliar seu repertório leitor em qualquer tempo. Lá estão reunidos um acervo de mais de 100 títulos, previamente homologados pelas equipes pedagógicas da escola. Além de desenvolver o hábito da leitura de uma forma divertida e inovadora nas crianças, as professoras conseguem acompanhar o desempenho das turmas em tempo real.

“Sabemos que o momento que estamos vivendo requer atenção especial aos estudantes e suas famílias, por isso acreditamos que o programa do Elefante Letrado trará um grande acréscimo para a educação e desenvolvimento dos alunos”, afirma o presidente da Apamecor, Verney Santini. 

“O GER, como voz dos estudantes, acredita que cada vez mais temos que nos solidarizar com a situação vivenciada na atualidade. Por isso para nós, é de extrema importância contribuir com tudo que podemos para agregar na educação dos estudantes”, afirma a vice-presidente da agremiação, Maria Eduarda Kreutz, do 3º ano EM. 

Benefícios da leitura

O hábito da leitura leva à ampliação do vocabulário, ao aprimoramento da escrita e do raciocínio e ao desenvolvimento da capacidade crítica e da imaginação. A família e a escola têm um importante papel neste processo, pois são as principais incentivadoras da formação de leitores realizando experiências como brincadeiras, músicas e contação de histórias.