Navegar para Cima

Sobre

Proposta pedagógica

Colégio em Canela. Educação alicerçada em qualidade acadêmica e formação de valores humanos

A educação marista está alicerçada na abordagem educativa de São Marcelino Champagnat, fundador do Instituto Marista, pautada pela formação integral, afetividade, cultura da solidariedade e da paz, bem como​ pela crença de que todo sujeito tem potencial para aprender.

A metodologia implementada fomenta a expressão pessoal dos estudantes através de projetos de trabalho, os quais são um convite à ruptura com práticas escolares embasadas em uma concepção de conhecimento fragmentado. Resgata o sujeito que pensa e que sente através de um currículo integrado que se relaciona com a realidade do estudante.

​O estudante, na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, é visto como agente de sua aprendizagem, construtor e protagonista do seu saber, pesquisador, perseverante, criativo, crítico, autônomo, empreendedor, solidário, ético, capaz de identificar e solucionar problemas e de trabalhar em equipe. Nesse sentido, a escola representa um espaço de excelência acadêmica, mas também de construção de projeto de vida.

Conheça os diferencias sobre nosso jeito de educar:

Educar para o bem. Assim é a educação marista traduzida na prática, todos os dias. Somos movidos pelo propósito de contribuir para o desenvolvimento integral dos estudantes, atuando em sintonia com as famílias. Clique no tóico desejado e fique por dentro dos diferenciais oferecidos:

Projeto Educativo 
“Se fosse apenas para ensinar as ciências humanas aos jovens, não haveria necessidade de Irmãos: bastariam os demais professores. Se pretendêssemos ministrar apenas a instrução religiosa, limitar-nos-íamos a ser simples catequistas. O nosso objetivo, contudo, é mais abrangente. Queremos educar as crianças, isto é, instruí-las sobre os seus deveres, ensinar-lhes como praticá-los, infundir-lhes o espírito e os sentimentos do cristianismo, os hábitos religiosos, as virtudes do cristão e do bom cidadão. Para tanto, é preciso que sejamos educadores, vivamos no meio das crianças e que elas permaneçam muito tempo conosco.”

São Marcelino Champagnat