Navegar para Cima

Notícias

Que tal um tempo para refletir sobre si mesmo?

08/04/2021
Nosso jeito de educar
Convidamos você a pensar sobre autoconhecimento e educação socioemocional

​​Em qualquer fase da vida, o autoconhecimento é importante para reconhecermos nossas emoções, aprendermos com as situações e tomarmos decisões conscientes para o nosso crescimento. No Marista Rosário, o conhecimento de si próprio remete à construção de valores com base no carisma Marista e na compreensão crítica e autônoma do mundo, segundo um contexto histórico em transformação. 

Segundo os eixos estratégicos do Planejamento Estratégico da instituição, a promoção de uma educação integral quer desenvolver o sujeito em todas as suas esferas: mente, coração, corpo e espírito. Neste sentido, buscamos orientar atitudes individuais justas no relacionamento dos estudantes consigo, com Deus, com os outros e com o ambiente de forma sustentável, oportunizando experiências de aprendizagem socioemocional. 

Conforme a orientadora educacional do 3º ao 5º do Ensino Fundamental, Alessandra Paschoal, a preocupação com o desenvolvimento destas dimensões é entendida enquanto processo que não está ligado apenas aos conteúdos programáticos, mas também aos aspectos socioemocionais. “A inclusão de um trabalho para o desenvolvimento da competência socioemocional na educação precisa ser intencional”, ressalta.

Neste sentido, o projeto Educação Socioemocional (ESE)​ visa oportunizar aos estudantes práticas de inteligência emocional, aliadas ao exercício diário da convivência com a diversidade. A metodologia indicada é de vivências, com oficinas e dinâmicas de grupo, em sala de aula, para aplicação de ações nas turmas. Nas vivências do projeto, estão previstas ações em que os estudantes irão refletir sobre seus sentimentos.

Para ter uma experiência semelhante a de nossos estudantes, convidamos você a experenciar um momento de reflexão sobre si mesmo. 

Coloque uma música, anote seus pensamentos em uma folha de papel ou em um bloco de notas digital, respondendo aos seguintes questionamentos elaborados por nossas orientadoras educacionais Caroline Becker e Alessandra Paschoal:​

• Você tem refletido sobre o seu comportamento ou tem agido automaticamente? 

• Você reconhece as suas emoções? 

• Qual costuma ser a sua reação quando sente raiva? 

• Você considera o autoconhecimento algo importante? 

• Você acha difícil falar sobre as suas emoções? 

• Diante de uma situação inesperada, como vocês costuma agir? Trava? Se reinventa? 

• Quais são as suas potencialidades e quais habilidades ainda precisa desenvolver? 

• A sua comunicação tem sido efetiva? 

• Você sabe realizar uma escuta atenta, ativa?

Participe e reflita sobre os seus sentimentos! 

Ao longo dos próximos meses, compartilharemos dicas sobre educação socioemocional também pelo Instagram do @periquitorosariense. Acompanhe e fique por dentro do assunto!​