Navegar para Cima

Atividades Complementares

Judô

Sobre o Judô

​A modalidade fundada em 1882 no Japão por Jigoro Kano usa a força e o equilíbrio do oponente contra ele. A luta foi inspirada em técnicas do Jiu-Jitsu que foram modificadas e aprimoradas, mas os golpes mais perigosos ficaram de fora. Além disso, Kano se preocupou com a evolução técnica do praticante em conjunto com o avanço espiritual. Pelo fato do esporte ser adequado para qualquer pessoa, considera-se que a modalidade proporciona uma educação física integral. Para as crianças, o judô, assim como qualquer outra arte marcial, desenvolve a autodefesa, melhora a concentração, a disciplina, a coordenação motora e a respiração.

Através do judô a criança pode experimentar movimentos novos e diferentes, pode melhorar a coordenação motora, consegue ter um domínio corporal melhor para executar os movimentos e amplia o seu "acervo" motor com essas experiências. Com a prática regular do judô, os pequenos são estimulados a atingir o aspecto mental e físico, desenvolvendo valores e uma visão diferente sobre o mundo. Além disso, o judô é considerado um esporte completo e muito saudável para o crescimento, pois traz ensinamentos de disciplina, respeito e educação, bem como princípios morais e condicionamento físico.

São três pilares do judô:

Obter a máxima eficiência com o mínimo de esforço (seiryoku zen'yo)

Obter prosperidade e benefícios mútuos (jita kyoei)

​Usar da melhor forma a sua energia (ju)

Esses valores trabalham tanto a parte física da criança quanto a parte mental da criança, ensinando a respeitar os adversários, obedecer ao treinador, saber controlar o corpo e manter a calma. Além disso, o judô consegue envolver a criança em uma atividade física e lúdica, já que a arte marcial pode ser vista com​o uma brincadeira ou momento de descontração, o que é muito importante para a criança, já que o esporte deve sempre ser prazeroso.

​Além disso, o Judô tem como característica a preocupação com a evolução técnica de forma transparente e inclusiva, através da mudança de faixa. O estudante participa de competições de caráter educativo e integrador, assim como de eventos para demonstração de conhecimentos.​

Público da modalidade: do Nível 2 ao 5º ano EF.