Navegar para Cima

Atividades Complementares

Robótica Educacional

​​

Sobre a Robótica Educacional

A Robótica Educacional está presente em nosso currículo, da Educação Infantil ao Ensino Médio, integrando uma série de iniciativas inovadoras que inserem a tecnologia no cotidiano dos estudantes. Os projetos desenvolvidos buscam soluções para situações-problema, sendo que todo o processo de construção é realizado por grupos (estudantes e educadores). Assim, é promovido o raciocínio lógico, o senso crítico, o trabalho em equipe, autonomia e a criatividade.

Além disso, a atividade amplia a criatividade, o raciocínio lógico, o trabalho em equipe, a capacidade de planejamento e organização, a pesquisa e a autonomia do aprendizado, a compreensão de alguns conceitos de Física e Matemática, a tomada de decisões, a definição de ações, o diálogo e o respeito de diferentes opiniões para construir o saber. Essas aprendizagens são desenvolvidas com atividades lúdicas e desafiadoras que unem teoria e prática. Anualmente, O Festival Marista de Robótica reúne os Colégios e as Unidades Sociais da Rede Marista em desafios que aliam estratégia, espírito de equipe e tecnologia.


Público da modalidade: do 3º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.

_MG_4175.jpg

Sobre o Festival Marista de Robótica

Evento no qual estudantes dos Colégios e das Unidades Sociais Maristas, da PUCRS e de instituições educacionais externas, protagonizam desafios e pesquisas que envolvem a Robótica Educacional, a codificação e o empreendedorismo. Dentro do Festival, os estudantes são incentivados a participar de quatro desafios: Desafio de Robôs, Desafio de Drones, Cidade-Laboratório e Incubando Ideias. ​

Edição 2019

No ano em que o primeiro passo em solo lunar completa 50 anos, o Festival Marista de Robótica homenageia o evento histórico protagonizado por Neil Armstrong, com o tema Os desafios e impactos da exploração espacial. Nos dias 3 e 4 /10, no Centro de Eventos da PUCRS, cerca de 2 mil estudantes são esperados para apresentarem seus projetos, desenvolvidos em equipes junto a educadores da área.

Os desafios envolverão as equipes em missões que simulam ações protagonizadas na época da primeira viagem à Lua e às atividades de preparação para a viagem a Marte, um dos principais objetivos da atualidade nas agências espaciais.​